ATENDIMENTO(11) 26261594

A Influência da Iluminação Externa na Poluição Luminosa

Postado em Estruturas ,     Escrito por Arq. MSc. Rafael Leão    em público maio 27, 2015

Poluição luminosa abrange toda e qualquer solução de iluminação que projete luz para fora dos limites do objeto a ser iluminado ou que brilhe em excesso e sem controle, ou seja, de forma difusa ou em ângulos muito abertos. Pode ser causada, principalmente por luminárias mal orientadas ou mal posicionadas, refletores com curvatura incompatíveis ou mal desenhados, e projetos mal resolvidos. Suas conseqüências afetam o conforto do observador e seu deslocamento na cidade, causando ofuscamento e projetando luz não desejada em ambientes internos, além de criar impacto negativo no meioambiente, com o desperdício de energia e o efeito de céu luminoso. A poluição luminosa pode ser reduzida sem detrimento da tarefa visual ou destaque do objeto, portanto, apesar de se tratar de um produto agregado à iluminação externa, pode ser minimizado.

sobre o autor
Arq. MSc. Rafael Leão
Arquiteto formado em 1998 e desde então atua na área de projetos de iluminação artificial, é Mestre na área de Tecnologia da Arquitetura pela FAU USP e Especialista em Conforto Ambiental e Conservação de Energia, pela mesma instituição. Premiado em 1º colocação na categoria Bares e Restaurantes do Prêmio Abilux Projetos de Iluminação 2004 e com a 2º colocação na categoria Escritórios em 2006. Membro Profissional ASBAI e do IES - Illuminating Engeneering Society. Desenvolve projetos de iluminação artificial em escritório próprio em São Paulo (trabalho recente: nova iluminação das lojas Le Lis Blanc Deux, em várias cidades brasileiras)