ATENDIMENTO (11) 26261594

Crescimento da Engenharia Acústica está associado à Expansão Urbana

Postado em Sustentabilidade ,     Escrito por Davi Akkerman    em público junho 9, 2015

Por Davi Akkerman

A fim de oferecer especialização aos profissionais, a ProAcústica está realizando, em parceria com a Poli-USP, IST de Lisboa e a FDTE, um curso de pós-graduação em Engenharia Acústica de Edifícios e Ambiental, para dar suporte ao crescimento do mercado nacional.

A Engenharia Acústica emprega profissionais nos campos de consultoria, projeto, fiscalização, produção industrial e serviços, além de pesquisa e de desenvolvimento tecnológico. Nessa área, também atuam engenheiros civis, engenheiros mecânicos, engenheiros eletricistas, engenheiros do ambiente, físicos, arquitetos e outros profissionais. Eles elaboram projetos acústicos para auditórios e salas de espetáculos, edifícios (residenciais, escritórios, shoppings, hotéis), ruído de equipamentos, e atuam ainda em diversas áreas ambientais (acústica ambiental, urbana e controle de ruídos), incluindo planejamento municipal e transportes.

Além de adquirir novas competências para o mercado de edifícios ambientalmente sustentáveis, a intenção é mostrar os aspectos relacionados ao desempenho dos edifícios; especializar o conhecimento dos profissionais em temas específicos, com aquisição de conteúdos hoje pouco difundidos. Com isso, o especialista deverá dominar não apenas o tema do conforto acústico, como também utilizá-lo para preservar a saúde humana, frente aos desgastes impostos pela ausência de controle de ruídos na sociedade em geral.

Cultura do ruído

Embora o ruído seja um assunto tabu no Brasil, pois, de maneira geral, a cultura do brasileiro é fazer barulho, essa atitude não é sustentável e está com os dias contados. A poluição sonora sempre foi pouco debatida e a ênfase maior das questões ambientais, em geral, fica centrada na poluição do ar e da água. Porém, esse cenário está mudando, pois na medida em que provoca doenças como distúrbios do sono, stress, depressão, irritabilidade e até problemas cardiovasculares, a poluição sonora é considerada problema de saúde pública pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A entidade estima que 800 milhões de pessoas sofram com perda auditiva, quantidade que deverá aumentar para 1,1 bilhão até 2015 – aproximadamente 16% da população.

O ruído pode afetar ainda o desempenho nas atividades de trabalho, ao interferir na comunicação oral, na concentração na vida cotidiana das pessoas, prejudicando a saúde mental, o relaxamento, e causando queda da qualidade de vida. No caso das crianças, pode comprometer o crescimento, além de todo o processo de aprendizado.

Por outro lado, há ainda um grande trabalho a fazer com relação à legislação nacional, considerada inadequada e defasada para a gestão de ruído urbano nas cidades brasileiras. Nos países da Europa já está em vigor desde 2002 a Diretiva Europeia que trata da gestão da poluição sonora no meio ambiente. Na América Latina, cidades como Santiago (Chile) e Buenos Aires (Argentina) já dispõem de uma cartografia sonora. O objetivo da ProAcústica é adotar um Plano Diretor Sonoro para as cidades brasileiras. Um caso interessante que podemos citar é o de Fortaleza, onde se iniciou o mapeamento acústico da cidades e a Secretaria do Meio Ambiente já exige estudos de impacto ambiental de ruído para ferrovias, estádios e rodovias. Pretendemos criar uma metodologia e simulações para a gestão de ruído ambiental nas cidades.

Já a Comissão de Acústica em Edificações da ProAcústica deverá ser responsável por criar uma base de dados sobre acústica nas construções, baseada em ensaios, a fim de orientar o mercado a respeito dos requisitos da Norma de Desempenho (NBR 15.575). Ao final, pretende elaborar um manual técnico sobre as implicações acústicas da norma, oferecendo dados a respeito de diversas soluções construtivas. Mais adiante a ideia é criar um sistema para certificação acústica de edificações, com selo baseado em classes de desempenho, dependendo do uso do prédio.

A ProAcústica deverá montar ainda um banco de dados sobre desempenho acústico de sistemas construtivos e fazer avaliação junto aos usuários a respeito dos níveis de conforto acústico dessas habitações. Hoje, os níveis mínimos exigidos pela norma já não dão conta de oferecer conforto acústico para os moradores. Vamos tomar a frente e ampliar essas exigências e o escopo da norma, diferenciando-as para os vários tipos de uso, desde habitação, até hotéis, edifícios corporativos, hospitais, refeitórios, salas de aula, entre outros.

sobre o autor
Davi Akkerman
Presidente da ProAcústica – Associação Brasileira para a Qualidade Acústica e diretor da Harmonia Acústica, empresa especializada em projetos e consultoria na área.
Termos e Condições
Contrato de Prestação de Serviços pela AEA Educação Continuada Data-Limite 1. As inscrições para os cursos se encerram 7 dias antes do início das aulas. Excepcionalmente, desde que existam vagas disponíveis, serão aceitas inscrições após a data limite. 2. A data-limite não garante a disponibilidade de vagas. Por isso, recomendamos a efetivação da inscrição/pagamento com antecedência.   Política de Descontos da AEA Educação Continuada 3. A AEA Educação Continuada oferece descontos às seguintes categorias, comprovada a condição mediante apresentação do documento competente, conforme o caso: (i) Grupos de profissionais (3 ou mais inscritos): 10% (ii) Estudantes de graduação e professores: 15%, não sendo aplicado à pós-graduação. (iii) Desconto para pacote de cursos: 10% para inscrições em 2(dois) cursos; 15% para inscrições em 3(três) cursos; 20% para inscrições em 4(quatro) ou mais cursos; 4. Os descontos mencionados nos itens (i, ii, iii) não são cumulativos e se aplicam ao pagamento à vista ou parcelados. Em todas as situações, prevalece o maior desconto.   Desconto especial por antecipação de inscrição  5. Inscrições pagas até 45 dias antes da data de início do curso receberão desconto de 10%, cumulativo em relação ao eventual desconto aplicado com base na “Política de Descontos da Academia” (itens 3 e 4 acima).   Reagendamentos 6. Os cursos da AEA Educação Continuada são ministrados a turmas abertas, formadas por adesão dos interessados. Por isso, a realização do curso depende da inscrição de um número mínimo de participantes, Na hipótese de quorum insuficiente, impossibilidade de comparecimento do professor ou outros imprevistos, a AEA Educação Continuada reagendará o curso, para a data mais próxima possível, a fim de preservar o melhor interesse de todos. 7. Excepcionalmente, a AEA Educação Continuada poderá substituir o professor inicialmente contratado por outro profissional, igualmente qualificado, a fim de preservar o melhor interesse de todos e contornar imprevistos ou conflitos de agenda. 8. Em caso de reagendamento, a AEA Educação Continuada avisará todos os inscritos, por e-mail, informando a nova data, razão pela qual o participante deve manter seu cadastro atualizado, informando o e-mail de contato que acesse com mais freqüência. O inscrito será automaticamente realocado na nova turma do curso de interesse, podendo solicitar a transferência da inscrição para outro curso ou a devolução dos valores pagos. Por isso, recomendamos atenção aos comunicados eletrônicos da AEA Educação Continuada no período que antecede a data prevista para a realização do curso. Especialmente em caso de viagens, antes de se deslocar, solicitamos entrar em contato com a AEA Educação Continuada, a fim de confirmar as informações sobre data e local do curso, evitando transtornos.   Cancelamentos 9. As inscrições poderão ser canceladas, com a devolução dos valores pagos, a pedido do interessado até 10 dias corridos antes do início do curso. 10. No caso de inscrições canceladas, a pedido do interessado, com prazo inferior a 10 dias corridos antes do início do curso, não haverá devolução do valor pago, e o inscrito poderá transferir integralmente o seu crédito para outra turma interesse, pagando eventual diferença, se houver. No caso de não comparecimento no curso (no show), ou de comunicação de não comparecimento, e prazo inferior a 2 dias antes da data de início do curso, por qualquer motivo, 80% do valor total da inscrição (e não da parcela paga, em caso de pagamento parcelado) poderá ser transferido para outro curso oferecido pela AEA Educação Continuada, mas não haverá devolução de valores pagos. Os 20% restantes serão retidos como multa tendo em vista os custos antecipadamente despendidos para possibilitar a participação do inscrito. 11. Destacamos que em caso de inobservância dos comunicados da AEA Educação Continuada (especialmente nos termos do item 8 acima) não haverá reembolso de nenhuma espécie de despesas, incluindo, mas não se limitando a, passagem aérea e rodoviária, combustível, pedágio, locação de veículos, hospedagem, alimentação e outras.   Devolução de valores 12. Nas hipóteses de devolução de valores, o depósito do valor será realizado em 10 dias úteis, contados do envio do comprovante de pagamento e dos dados bancários do favorecido (agência, conta bancária, nome do titular da conta e CPF/CNPJ). 13. Será devolvido apenas o valor principal das parcelas pagas, deduzidas as despesas havidas com a operadora do cartão de crédito, emissão ou reemissão de boletos e tarifas bancárias. 14. Caso seja solicitada a reemissão de boletos, o valor das tarifas bancárias serão incluídos no valor do novo título.   Mora e inadimplemento 15. Os boletos emitidos para os cursos realizados, com data de pagamento posterior ao encerramento do evento, e não pagos até a data do seu vencimento, estarão sujeitos a multa de 2%, juros e correção monetária de 5% ao mês, e após 3 (três) dias serão automaticamente encaminhados ao cartório de protesto de título. 16. O aluno que, por qualquer motivo, cancelar a sua inscrição fora do prazo mencionado no item 9 ou deixar de comparecer ao curso, não se sujeita ao acima mencionado, mas permanece adstrito ao sistema de transferência de crédito descrito nos itens 8 e 10. 17. Caso a AEA Educação Continuada tenha que realizar a cobrança de quaisquer valores devidos em decorrência deste Contrato, a mesma poderá cobrar o reembolso de todas as despesas incorridas por conta de cobrança, judicial ou extrajudicial, de tais valores, incluindo custos de postagem de carta de cobrança, cobrança telefônica e despesas cartorárias.

AEA Cursos Ltda. São Paulo,