ATENDIMENTO(11) 26261594

Produtos Sustentáveis podem ser Certificados pelo selo RGMAT da Fundação Vanzolini

Postado em Sustentabilidade ,     em público junho 9, 2015

O setor da construção civil no país consome cerca de 75% dos recursos naturais e gera 80 milhões de toneladas de resíduos por ano (450 kg por habitante/ano). Somado a isso, há poucas informações confiáveis disponíveis sobre sustentabilidade de produtos e materiais. Até o próprio fabricante, na maioria das vezes, desconhece o quão sustentáveis são seus produtos.

O RGMat tem como objetivo proporcionar informações relevantes e verificáveis, com bases de comparação conhecidas e estabelecidas, sobre os aspectos ambientais, de conforto e de saúde dos materiais da construção. O levantamento e a quantificação de todas as entradas e saídas de recursos naturais, energia, água, emissão de gases na atmosfera, de resíduos sólidos e líquidos, ou substâncias tóxicas, fazem parte da avaliação do ciclo de vida analisado pelo RGMat. A abrangência da análise inclui desde a extração mineral, produção, transporte, montagem, até utilização, manutenção e desconstrução, além de reutilização e/ou reciclagem.

O professor Manuel Carlos Reis Martins, da diretoria de Certificação da Fundação Vanzolini, afirma que com o RGMat, será viável oferecer informações que permitam aos fabricantes demonstrarem o desempenho ambiental de seus produtos aos empreendedores e projetistas escolherem os ambientalmente melhores, além de lojistas e consumidores poderem identificar os mais sustentáveis.

“Esses setores da sociedade sentem a necessidade de uma abordagem, de acordo padrões internacionais reconhecidos, que permita a comunicação de informações, uma espécie de ‘RG’ ou identidade ambiental do produto”, destaca Martins. Ademais, a formalidade do fabricante e a conformidade do produto e o cumprimento das normas técnicas são pré-requisitos obrigatórios para a certificação.

O primeiro passo para a obtenção do selo RGMAT é realizar a avaliação do ciclo de vida e elaborar a declaração ambiental de produtos, seguindo os requisitos e orientações das normas ISO 14024, ISO 14025, ISO 21930, ISO 14044, além das diretrizes gerais e da regra de categoria do produto, estabelecidas pela Fundação Vanzolini. A entidade, então, verifica veracidade da declaração, por meio de avaliações e auditorias, e se os parâmetros do produto atendem aos critérios o selo é concedido. Ele poderá ser usado no produto ou em sua embalagem e exibido nos pontos de venda e em todo material de divulgação. Além disso, os interessados nas informações (projetistas, especificadores e consumidores que buscam o menor impacto ambiental em construções e reformas) poderão acessar a base de dados no site RGMAT, de livre acesso, para conferir as declarações ambientais dos produtos.

Após a avaliação dos produtos, as informações levantadas e classificadas no RGMAT poderão ser utilizadas para melhorias e otimizações dos materiais e dos processos, e também na redução dos consumos de água, energia e de outros recursos na produção, além da minimização dos resíduos. “O RGMAT contribuirá, ainda, para a identificação de empresas que produzem com responsabilidade.”

Com isso, os profissionais do setor poderão reconhecer detalhes nem sempre visíveis, escolher com mais segurança os itens para a construção de um empreendimento, obter informações claras e confiáveis sobre aspectos ambientais, de conforto e saúde, durabilidade, manutenção ou reciclagem.

O setor varejista, por exemplo, poderá comunicar ao comprador detalhes sobre o desempenho ambiental dos materiais em seus pontos de venda, transmitindo ao consumidor final maior segurança, facilidade na orientação, melhoria no atendimento, seriedade e comprometimento com o menor impacto ambiental.

Essa iniciativa beneficiará o usuário final que terá acesso a informações sobre produtos e materiais, por meio do selo RGMAT, se foi fabricado em conformidade com as normas técnicas e respeito ao meio ambiente. Assim, cada pessoa terá a certeza de que contribuiu com a sustentabilidade ambiental ao adquirir um produto contemplado com o selo.

O certificado é válido por três anos, desde que não haja alterações nele e no processo produtivo. Após esse período, o certificado pode ser revalidado, mediante atualização das informações e verificação e auditoria por parte da Fundação Vanzolini.

Normas utilizadas na certificação RGMat: NBR ISO 14044 – Gestão ambiental – avaliação do ciclo de vida – requisitos e orientações; ISO 21930 – Sustainability in building construction – environmental declaration of building products; ISO 14025 – Environmental labels and declarations – type III – environmental declaration – principles and procedures; NBR ISO 14024 – Rótulos e declarações ambientais – rotulagem ambiental tipo I – princípios e procedimentos; RGMAT – Diretrizes gerais – Fundação Vanzolini – de acordo com a ISO 21930 e ISO 14025; RGMAT – Regra da categoria do produto – Fundação Vanzolini – de acordo com a ISO 21930 e ISO 14025.